Transporte Aeromédico é tema de Treinamento do Samu

Consórcio Intermunicipal de Saúde da Rede de Urgência E Emergência do Leste de Minas

 Transporte Aeromédico é tema de Treinamento do Samu

 

Objetivo é capacitar os profissionais que atuarão no resgate de pacientes com rapidez e eficiência

 

Começou nessa segunda-feira (18/07/2022) e termina amanhã o Treinamento de Resgate e Transporte Aeromédico para os profissionais da área da Saúde do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu/Consurge), da unidade de Governador Valadares. O objetivo visa capacitar tecnicamente os profissionais do Samu, que atuam em Valadares e região, preparando-os para agirem em operações de Resgate e Transporte Aeromédico na área de abrangência da 5ª.Base Regional de Aviação do Estado.

Algo em torno de 50 profissionais, divididas em duas turmas, tiveram aulas teóricas ministradas pelo tenente-coronel da Polícia Militar,  Carlos Eduardo Justino  comandante da 5ª. Base Regional de Aviação do Estado (Brave). As primeiras instruções aconteceram na Região Integrada de Segurança Pública (Risp), a partir das 08 horas, onde o comandante da Brave apresentou a aeronave aos participantes e contou um pouco da história de resgates em toda a região. Disse ainda que a aeronave estará à disposição do Samu/Consurge, assim que for precisar.

As aulas práticas, por sua vez aconteceram na Base Regional de Aviação, no Aeroporto Altino Machado, a partir de 09h30. No hangar da Base os participantes tiveram treinamentos práticos na Aeronave Pegassus, que pertence ao Instituto Estadual de Florestas (IEF), mas está sob a comando da Polícia Militar.

Durante o treinamento os participante do Samu tiveram aulas de Segurança no Voo Utilizando Macas; a Ancoragem da Equipe e Equipamentos Envolvidos; Procedimentos na Cabine, entre outras.

Nessa primeira fase participaram dos treinamentos todos os profissionais de saúde da Base Operacional que atuam junto ao Samu: entre eles, médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e condutores socorristas.

A Base Regional de Aviação abrange os vales do Aço, Rio Doce, Mucuri, e Jequitinhonha, totalizando 214 municípios que são contemplados com os trabalhos da aeronave, em caso de necessidade.